Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dia Mundial do Ambiente: Última das 5 Saídas Verdes para a Crise será dedicada à Reabilitação Urbana

Terça-feira, 05.06.12

A Quercus promove hoje, Dia Mundial do Ambiente, uma visita coordenada com o GECoRPA – Grémio do Património e a Autoridade Tributária e Aduaneira, seguida do encerramento da iniciativa "5 Saídas Verdes para a Crise", com a presença da Sra. Ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território.

A Quercus escolheu um edifício da Autoridade Tributária e Aduaneira para mostrar quão importante é proceder-se à reabilitação urbana, quer de edifícios públicos de serviços, quer de edifícios de habitação, como forma de revitalizar os centros urbanos e o setor da construção que até agora se tem focado na nova construção. A escolha é simbólica porque a tributação dos imóveis, as alterações à lei do arrendamento, e a promoção de incentivos, são aspetos diretamente relacionados com o papel do Ministério das Finanças, mas que possuem importantes consequências ambientais.

Sobre a reabilitação urbana

Nos últimos 30 anos, o investimento do setor da habitação esteve concentrado na construção de novos edifícios, tendo a reabilitação do edificado existente sido praticamente negligenciada, assumindo atualmente um peso de apenas 6,5% no mercado da construção em Portugal. Esta situação originou uma degradação progressiva e o abandono dos centros das cidades, provocando um crescimento das zonas sub-urbanas, com os consequentes problemas de transporte, segurança, e envelhecimento das zonas com maior potencial turístico. Por isso, torna-se imprescindível o desenvolvimento de processos de reabilitação urbana integrada, racionalizando recursos e evitando intervenções dispersas que possam revelar-se contraditórias.

Esta realidade traduz-se num potencial elevado de crescimento do mercado da reabilitação em Portugal, estimado em cerca de 28 mil milhões de euros, só na componente de reabilitação do edificado habitacional. Isto pode representar a curto prazo a manutenção dos cerca de 140 mil postos de trabalho que o setor tem neste momento em risco, e uma recuperação do peso do setor no PIB nacional que desceu de 8,4% em 2001 para 4,9% em 2010.

Ao nível da UE e dos Estados Unidos, de acordo com o Programa das Nações Unidas para o Ambiente, tornar a indústria da construção mais verde pode representar a criação de pelo menos 2 milhões de empregos.

Para a Quercus, e apesar das dificuldades económicas que o país atravessa, é fundamental apresentar incentivos para o investimento na reabilitação urbana, para além de se avaliar o impacte da reavaliação dos imóveis do ponto de vista tributário, bem como clarificar o conteúdo das novas regras relativas ao arrendamento e cujo anúncio está previsto para breve por parte do Ministério do Ambiente.

Sobre a iniciativa “5 Saídas Verdes para a Crise” e a Conferência Rio+20

Esta é a 5ª e última visita da iniciativa da Quercus “5 Saídas Verdes para a Crise”, que pretende chamar a atenção para a Conferencia Rio+20 e mostrar alguns dos setores-chave em Portugal (energia, agricultura, florestas, pescas e reabilitação urbana), onde o estímulo e o investimento não podem ser esquecidos pela oportunidade de criação de emprego, assegurando uma maior independência e sustentabilidade do país.

Nesta sessão de encerramento, a Quercus irá apresentar uma versão reduzida do documentário, “O que nos Une a todos – A contabilidade da nova economia”, que será estreado num evento paralelo a ter lugar no dia 21 de junho, durante a conferência do Rio+20, pelas 14:00h, no Espaço Arena da Barra, Auditório ARN-2, localizado na Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 340, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro – Brasil, e que se debruça sobre os vários desafios que a economia verde terá de ultrapassar.

A Conferência Rio+20 terá lugar no Rio de Janeiro entre 20 e 22 de junho e reunirá primeiros-ministros e chefes de Estado de todo o mundo. Ao mesmo tempo, e durante duas semanas, terá lugar na mesma cidade, a Cúpula dos Povos, uma reunião de organizações não governamentais aberta a toda a população que procurará fazer eco das ideias da sociedade civil sobre o futuro do planeta.

Lisboa, 4 de junho de 2012
A Direção Nacional da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Quercus às 16:00





calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

21 de Junho: Apresentação de Documentário e Debate

Documentário





subscrever feeds